Laser Cut Record

Esses discos foram cortados em uma Epilog 120 Watt Legend EXT numa precisão de 1200dpi. O áudio nos discos tem uma profundidade de bits entre 4-5 (a de um mp3 é 16 bits) e uma taxa de amostragem de cerca de 4,5 kHz (mp3 é 44,1). Até agora Amanda Ghassaei já reproduziu áudio em madeira, acrílico e papel, e ela ainda quer testar mais materiais. Ela escreveu o rascunho do processo que gera o corte dos caminhos (download aqui) de modo que pode ser modificado para qualquer música, material, máquina de corte, o tamanho do disco e velocidade de giro.

Você também deve observar que aqui ela demonstra especificamente como foi usado o cortador a laser para esse processo, mas os arquivos de corte que ela usa são gráficos padrão vetoriais em formato PDF, de modo que pode ser estendido a muitas outras ferramentas de fabricação digital.

Anúncios

Uma resposta

  1. Vou ser franco: não sei se gosto ou não. Vou ser franco outra vez: não consigo parar de ouvir. Boa semana, com ótimos sons.

    maio 13, 2013 às 6:11 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s